Pular para o conteúdo

Nossa Missão é

15/11/2012

Descrição da visão de trabalho que a OBPC de Pindamonhangaba possui acerca de sua
atuação no Reino de Deus

1. Adorar a Deus, reconhecendo-O como Soberano, Santo e Misericordioso.
2. Pregar o Evangelho de Jesus Cristo, Poder para salvação de todo aquele que crer.
3. Ter comunhão com os salvos, Família de Deus e Rebanho do Seu pastoreio.
4. Ensinar as Escrituras, fundamento sólido para a fé e o caráter cristãos.
5. Servir os necessitados, manifestando o amor de Deus através dos nossos atos.

Fazer parte da Igreja do Senhor Jesus é uma das experiências mais prazerosas e significativas para o ser humano. A Igreja é o Corpo de Cristo, é a congregação dos salvos; reunião de todos que confessaram Cristo como Senhor de suas vidas e se submeteram às orientações das Sagradas Escrituras.

Estar na Igreja permite o crente a conhecer o plano de Deus. O Espírito Santo se encarrega de “interpretar” o que está explícito no Texto Sagrado. Com a Sua ajuda o crente recebe forças para executar Sua vontade. A Bíblia é a bússola para o viajor. É o mapa para todos que estão caminhando em direção ao céu.

A Igreja, em sua atuação espiritual nesse mundo, reconhece a soberania de Deus, sua santidade e bondade. Ela só existe, graças aos planos perfeitos desse Deus que a fonte de todo bem. Por essa razão e como um modo de reverenciar esse Magnífico Ser, a Igreja se curva em adoração sincera e tributa louvor e graças a Ele.

Cada membro da Igreja reconhece a bondade de Deus manifesta na salvação oferecida por Ele mesmo e executada através do “sacrifício substitutivo” do Senhor Jesus. Por ter sido alcançado pela pregação do Evangelho, entende que só através da comunicação dessa mensagem pode conduzir outras pessoas a essa graça.

Todos os que creem, entendem que a melhor maneira de viver é na Unidade do Corpo, cultivando comunhão com os demais que já vivem pela fé. Comunhão é linguagem da alma e necessidade para a manutenção do relacionamento com Deus.

A Igreja atua na formação desse Corpo e sente-se responsável em fixar os fundamentos da fé dos cristãos mais novos. Ensinar é braço forte da missão da Igreja na terra. A explicação das Sagradas Escrituras é antídoto ao erro tão disseminado em nosso mundo. “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”

O amor é a motivação maior da Igreja. Ela segue o exemplo do Mestre e procura se manifestar em preocupação ao irmão necessitado. Sabe que sua cooperação poderá repercutir em fortalecimento e alegria do outro. Não faz para merecer, mas faz porque tem em seu coração o amor de Deus que é a “mola mestra” para todas as nossas ações.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. 05/03/2013 16:07

    Foi demais pensar em primeira aos Coríntios! Confirmou minha visão acerca de sua importância ao ouvir a palestra do Pr Jeremias Pereira intitulada: “Não existe igreja perfeita”. Grande abraço

  2. 18/04/2013 18:56

    Pensar na missão da igreja é mexer com o que de mais significativo há em nossa existência. Ser igreja e viver igreja é experiência que só os cristãos podem saber seu significado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: